• Mariana Goldfarb fala sobre cobrança pela maternidade: “Vem de todos os lugares”

    Mariana Goldfarb fala sobre cobrança pela maternidade: "Vem de todos os lugares"
    Mariana Goldfarb fala sobre cobrança pela maternidade: “Vem de todos os lugares” (Foto: Reprodução/Instagram)

    Mariana Goldfarb, de 31 anos de idade, deu uma entrevista à revista Marie Claire e revelou que recebe muitas cobranças para ter filhos.

    + Mariana Goldfarb faz topless em passeio na natureza
    + Rodrigo Faro se hospeda em hotel no ‘fundo do mar’ com diárias de R$ 100 mil
    + Thais Carla posa de biquíni e reflete: “Todo bumbum merece ser amado”

    “Vem de todos os lugares. A sociedade cria uma expectativa da idade que a gente tem que casar, depois a idade que temos que ter filho, e depois o segundo filho, e o terceiro. A gente sempre tem que prover tudo para o marido e ser alicerce, mas às vezes não queremos ser alicerce coisa nenhuma”, disse a modelo, que é casada com o ator Cauã Reymond, que já é pai de Sofia, de seu antigo relacionamento com Grazi Massafera.



    “Tem momentos que não conseguimos administrar uma casa e ainda ser cobrada porque precisamos estar com a unha bonita e cabelo hidratado. Não só eu, mas todas as mulheres sofrem com esse tipo de situação. Alguns dias, até eu me cobro, sem querer. Fico pensando que já tenho trinta anos e não tenho filho, sendo que não existe isso, cada um tem seu tempo”, revelou Mariana.

    A modelo, que está fazendo faculdade de Nutrição, admitiu que fica receosa ao ver o desenvolvimento da infância sendo interrompido pelo uso precoce da tecnologia. “Sem contar que, eu tenho medo do momento que estamos vivendo, parece que as coisas estão acabando. Hoje eu sinto que a infância foi roubada das crianças por esse mundo virtual, celular, e isso é uma coisa que me preocupa sim. Eu realmente paro para pensar: Será que eu vou saber ter um filho nesse mundo de hoje?”, lamentou.

    “Eu tenho certeza de que eu nasci para ser mãe, mas é uma responsabilidade colocar alguém no mundo. Será que vou conseguir passar para os meus filhos os valores e as crenças, ao mesmo tempo em que vou respeitar a individualidade deles e não impor o que eu penso”, concluiu ela.

    arrow