• Maria Lina esclarece polêmica de dívida na faculdade: “Me chamaram de caloteira”

    Maria Lina esclarece polêmica de dívida na faculdade: "Me chamaram de caloteira"
    Maria Lina esclarece polêmica de dívida na faculdade: “Me chamaram de caloteira” (Foto: Reprodução/Instagram)

    Maria Lina, de 23 anos, usou suas redes sociais na última quinta-feira (23) para se pronunciar após ser acusada de calote pela instituição em que cursava engenharia civil.

    + Maria Lina exibe marquinha de bronzeado e encanta fãs
    + David Junior aproveita dia de praia com namorada no Rio
    + Flávia Alessandra exibe pernas torneadas ao sair de academia no Rio

    A notícia foi dada pela colunista Fábia Oliveira, que afirmou que a influenciadora estava sendo processada pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB), onde fazia um curso de engenharia civil iniciado em 2017, por uma dívida de R$ 6.400. Atualmente, o valor estaria na casa dos R$ 13 mil.



    Maria postou alguns vídeos nos stories de seu perfil do Instagram para esclarecer a polêmica, afirmando que acionou seu advogado e que a dívida foi paga há dois anos, e que somente agora a instituição reconheceu o pagamento.

    “É importante desmentir, falar a verdade. Nunca foi segredo nenhum que realmente sempre devi muito a faculdade. Não tenho nada contra quem deve por bolsa, sapato ou bolsa, mas eu nunca devi isso, sempre devi faculdade para estudar, para dar uma vida melhor para mim e para minha família. Queria ter um emprego melhor para quando tivesse um filho. Sempre pensei no futuro”, começou ela.

    “Não tinha dinheiro, tentava bolsa, conseguia um pouco, conseguia financiamento, fazia dívida, renegociava… e as minhas dívidas de faculdade foram absolutamente todas pagas em 2020, não sobrou um centavo para eu pagar”, continuou a influenciadora.

    “A notícia não era que eu tinha uma dívida com a faculdade. A notícia era que eu dei um calote e estava sendo processada porque não paguei a dívida. Me chamaram de caloteira, como se eu tivesse vivendo uma vida muito melhor do que vivia antes e não tivesse pago a minha dívida”, rebateu Maria.

    Em seguida, ela garantiu que a dívida já está paga e que a universidade retirou a ação contra ela após a apresentação dos comprovantes de pagamento. “Removeram a ação contra mim, que era uma ação indevida. Tudo certo e resolvido com a FURB. Fizeram uma nota esclarecendo a situação”, explicou a ex-noiva de Whindersson Nunes.

    arrow