Atriz Allison Mack, de Smallville, admite culpa em caso de seita com escravas sexuais
  • Atriz Allison Mack, de Smallville, admite culpa em caso de seita com escravas sexuais

    Allison Mack

    Foto: Reprodução Instagram

    A atriz Allison Mack, conhecida pelo papel de Chloe Sullivan na série Smallville, declarou-se culpada, nesta segunda-feira (8), em um caso de tráfico sexual envolvendo uma sociedade secreta.

    Ela admitiu à justiça os crimes de extorsão e trabalho forçado. Allison havia sido presa abril de 2018 por envolvimento com a organização Nxivm, liderada por Keith Raniere. De acordo com o site BuzzFeed News, na época a atriz pagou uma fiança de US$ 5 milhões e passou a responder ao processo em prisão domiciliar.

    Segundo reportagem da CNN, a organização se definia como um programa de auto-ajuda, mas era, na realidade, um esquema de pirâmide no qual os recruta eram explorados sexualmente por Raniere e outros membros do grupo. A atriz é acusada de recrutar mulheres para a organização.

    As vítimas do grupo alegam que foram chantageadas com informações comprometedoras sobre elas e que eram obrigadas a manterem relações sexuais com membros do grupo, seguir uma dieta estrita e passavam por um ritual em que eram “marcadas” na virilha com as iniciais de Raniere e Allison. Os acusados usavam uma caneta cauterizadora, instrumento para remover tatuagens e manchas na pele, para marcar as vítimas.

    A sentença da atriz deve sair em setembro.

     

    arrow